Contactual Contabilidade

Notícias

A influência dos juros futuros nas decisões contábeis

Descubra como os juros futuros impactam o mundo contábil e a importância da sua análise na bolsa de valores brasileira e economia global.

Em um momento de incertezas e desafios na economia mundial, os juros futuros ganham os holofotes, especialmente entre profissionais do mundo contábil e financeiro. Esses juros refletem o custo futuro do dinheiro e, na B3, a bolsa de valores brasileira, podem ser negociados por meio de contratos conhecidos como “DI”, que possuem variados prazos de vencimento.

Dada a sua importância estratégica, as operações com esses contratos são mais frequentemente realizadas por tesourarias de bancos, fundos de investimentos e investidores institucionais. Elas servem como uma ferramenta de projeção para o custo futuro do dinheiro para bancos e governos.

A análise desses juros é feita através da construção de uma curva, que apresenta todos os vencimentos futuros dos juros.

No centro do sistema econômico, a curva de juros futuros desempenha um papel fundamental e impacta todos os tipos de investimentos, de forma direta ou indireta. No mercado de renda fixa, juros mais altos tornam os investimentos mais atraentes, impulsionando a rentabilidade.

Já no mercado de ações, o aumento dos juros pode afetar negativamente as empresas, ao elevar o custo de suas dívidas e, consequentemente, impactar suas margens de lucro.

Da mesma forma, ativos de risco como o Bitcoin tendem a ter uma resposta negativa à elevação dos juros, que frequentemente é acompanhada de maior aversão ao risco. O mercado imobiliário não é imune a estas oscilações, pois juros mais altos podem encarecer o crédito, restringindo as vendas e forçando uma redução nos preços para aqueles que precisam vender.

Para os contadores e outros profissionais focados na análise econômica, a interpretação da curva de juros futuros envolve a comparação da curva atual com os preços praticados em períodos anteriores. A variação da curva, seja para cima ou para baixo, pode indicar tendências nos custos dos empréstimos para empresas e para o mercado, bem como o desempenho de ativos de risco.

Cabe ressaltar que a variação da curva de juros é determinada pelo próprio mercado, a partir das operações diárias. O Banco Central tem papel restrito aos juros à vista, que se aplicam a aplicações pós-fixadas de um dia útil para o outro.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Melhores

Agenda Tributária

Agenda de Obrigações
Período: Fevereiro/2024
D S T Q Q S S
    010203
04050607080910
11121314151617
18192021222324
2526272829

Cotação Dólar

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 4.9866 4.9886
Euro/Real Brasileiro 5.4015 5.4095
Atualizado em: 29/02/2024 11:30