Contactual Contabilidade

Notícias

Aprenda a declarar empréstimos bancários no Imposto de Renda

Até aquele dinheirinho a mais que seu pai, mãe, vizinho ou namorado lhe emprestaram precisa ser declarado.

Tenho um empréstimo no banco, é preciso declarar? Se ele for superior a R$ 5 mil, sim. E não precisa apenas ser um empréstimo realizado em um banco. Até aquele dinheirinho a mais que seu pai, mãe, vizinho ou namorado lhe emprestaram precisa ser declarado. Então vamos lá! Saiba agora como declarar empréstimos bancários no Imposto de Renda.

Para começar, é importante destacar que todos os variados tipos de empréstimos precisam ser declarados. Temos que incluir os empréstimos realizados com o cartão de crédito e, até mesmo, com o cheque especial. Todo valor recebido emprestado de alguma forma que seja superior a R$ 5 mil precisa constar na declaração do Imposto de Renda.

Como declarar no Imposto de Renda se você recebeu empréstimos bancários?

Para informar o empréstimo recebido, basta ir na ficha “Dívidas e Ônus Reais”, criar um item e selecionar o código correspondente como nos exemplos abaixo:

11 – Estabelecimento bancário comercial (como no caso do cheque especial ou do cartão de crédito)
12 – Sociedades de crédito, financiamento e investimento (comum no em consignado e em outros empréstimos)
13 – Outras pessoas jurídicas
14 – Pessoas físicas (amigos, familiares etc.)
15 – Empréstimos contraídos no exterior
16 – Outras dívidas e ônus reais

Depois, é preciso ir em “Discriminação” e contar sobre o que se trata a dívida, o valor solicitado, a quantidade de meses em que será pago e o nome e CPF ou CNPJ do credor.

Ainda neste campo, será preciso informar se o empréstimo teve um bem como garantia. Para finalizar, será preciso preencher o saldo da dívida existente em 31/12/2022 e informar o total do valor pago no ano de 2022.

Se você contraiu o empréstimo e conseguiu pagar em 2022 mesmo, ainda assim é preciso informar à Receita Federal. Na própria ficha “Dívidas e Ônus Reais”, é preciso preencher as parcelas pagas no campo “Valor Pago em 2022”.

Como declarar se você fez empréstimos bancários?

Para quem está na outra ponta, o procedimento é semelhante. Se você emprestou valores superiores a R$ 5 mil, será preciso informar a quantia na ficha “Bens e Direitos”. Para tanto, será preciso criar um item no grupo “05 – Créditos” e escolher a opção “01 – Empréstimos concedidos”.

Depois, basta informar os dados de quem emprestou e o CPF ou CNPJ da pessoa ou empresa que tomou o empréstimo e as condições do negócio, com atenção aos juros.

É importante tomar cuidado com os juros porque um erro simples como esse já é capaz de levar o contribuinte para a malha fina. Em casos de empréstimos com parentes, é importante também informar à pessoa que o valor está sendo declarado. Os dois precisam informar a operação para a Receita Federal.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Melhores

Agenda Tributária

Agenda de Obrigações
Período: Abril/2024
D S T Q Q S S
 010203040506
07080910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Cotação Dólar

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 5.128 5.129
Euro/Real Brasileiro 5.4867 5.4947
Atualizado em: 23/04/2024 17:46