Contactual Contabilidade

Notícias

13° salário: como utilizar o dinheiro de forma consciente?

Especialista aponta os melhores caminhos para usufruir a gratificação sem se endividar

Autor: Kaique MercêsFonte: 0 autor

Com o mês de novembro se aproximando, muitas pessoas começam a se planejar para receber a primeira parcela do 13° salário, que serve como um alívio para milhares de brasileiros e brasileiras. Porém, utilizar o benefício de forma correta é essencial para evitar o endividamento.

De acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cerca de 78,5% das famílias brasileiras estão endividadas. Por esse motivo, o 13° salário é visto como uma grande brecha para o livramento de dívidas: é graças a ele que cidadãs e cidadãos podem fazer renegociações e encontrar as melhores soluções de pagamento.

Nesses casos, então, o melhor caminho de uso da gratificação é priorizar as dívidas, especialmente as mais caras, conforme explica o especialista Mario Kuniy, professor doutor do curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário Braz Cubas. “Caso não consiga pagá-las totalmente, busque negociá-las ou trocar os empréstimos mais caros por empréstimos mais baratos, como os consignados. Lembre-se que em janeiro e fevereiro virão muitos tributos, como IPVA, IPTU, além de algumas despesas com matrículas, materiais escolares, gastos de fim de ano, entre outros”.

No caso da pessoa que apresenta diversas pendências financeiras, é essencial que ela efetue o pagamento, já que, além de os juros no Brasil serem caros para quem deve dinheiro aos bancos, manter o nome limpo pode ajudar no futuro, principalmente em situações de emergência.

Existem também aquelas pessoas que pretendem utilizar o benefício nas compras de fim de ano, mas que ainda não se planejaram. Nesses casos, Kunyi sugere consultar os melhores preços e prazos para compras ou viagens, a fim de ter mais controle em relação a compra, não gastando mais do que se ganha nem acima do valor do 13º salário.

“Se o pagamento das compras for parcelado com o cartão de crédito, pague sempre o valor total mensal do cartão. Não quite apenas parte da fatura, pois o juro é muito alto. Vale reforçar a atenção com as falsas promoções, como ofertas da Black Friday, por exemplo”, explica.

Investimentos

De acordo com o docente, a forma mais consciente do uso desse dinheiro é guardá-lo para projetos futuros. “No caso de quem vai guardar, se o dinheiro for usado nos próximos meses, os bancos costumam oferecer aplicações como poupança, Certificados de Depósitos Bancários (CDB) e outros diversos fundos de investimentos”, exemplifica.

Entretanto, Kunyi diz que, a longo prazo, essas aplicações não são muito rentáveis quando comparados à inflação. A dica, então, é aprender mais sobre investimentos risco intermediário ou alto, como ações Fundos Imobiliários. Para os mais conservadores, títulos públicos como Tesouro Direto podem oferecer taxas melhores. Outros de longo prazo (acima de 3 anos), só que isentos de Imposto de Renda, são os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e debêntures incentivadas, que oferecem taxas isentas de Imposto de Renda.

“Cuidado para não investir em um prazo que você tenha que resgatar antes do vencimento. Os resgates antecipados diminuem as rentabilidades. E consulte os bancos digitais, pois às vezes é possível encontrar aplicações melhores que os bancos tradicionais”, indica.

“Todos os valores que são recebidos além do salário, como o 13°, férias e horas extras, devem ser utilizados de maneira consciente. Repense seu comportamento de consumo. Ter uma reserva financeira e investir no longo prazo, é sempre uma boa opção para ter uma melhor rentabilidade nos investimentos e evitar tomar dinheiro emprestado no futuro”, finaliza o professor do curso de Ciências Contábeis da Braz Cubas.

Sobre Braz Cubas – Com 80 anos de história e tradição, o Centro Universitário Braz Cubas é reconhecido pelo ensino e formação de qualidade de profissionais de diversas áreas de atuação, em Mogi das Cruzes e, também, na Região Metropolitana de São Paulo e Alto Tietê. Oferece cursos de graduação presencial e a distância, além de cursos técnicos e de pós-graduação, todos de forma inovadora, aliando a tradição com o que há de mais atual no mercado educacional. A Instituição agora integra o grupo Cruzeiro do Sul Educacional, um dos mais representativos do País, que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados. Visite: www.brazcubas.br e conheça o Nosso Jeito de Ensinar. 

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Melhores

Agenda Tributária

Agenda de Obrigações
Período: Fevereiro/2024
D S T Q Q S S
    010203
04050607080910
11121314151617
18192021222324
2526272829

Cotação Dólar

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 4.9377 4.9387
Euro/Real Brasileiro 5.3559 5.3639
Atualizado em: 22/02/2024 07:02